Português Italian English Spanish

MP vai vistoriar carvoaria de Ribas acusada de soltar fumaça em Água Clara

MP vai vistoriar carvoaria de Ribas acusada de soltar fumaça em Água Clara


A ação foi a partir da denúncia da vereadora Simone Xucra, através de um ofício

A vereadora Simone Xucra (MDB), enviou ao Dr. Felipe Almeida Marques, promotor de justiça do Ministério Público, um ofício onde expõe a situação de uma carvoaria em Ribas do Rio Pardo, que está perturbando a saúde e o sossego de alguns moradores de Água Clara. A partir dessas informações, o promotor de justiça solicitou a apuração do eventual dano ambiental causado pelas atividades da carvoaria.

Segundo o ofício, a carvoaria está instalada em uma propriedade rural pertencente ao município de Ribas do Rio Pardo, no entanto, a fumaça gerada pelas atividades no local, invade a casa de moradores de Água Clara, que também reclamam do odor forte.

De acordo com a vereadora, o secretário de meio ambiente de Água Clara, Rodrido Cordeiro de Matos, esteve presente no local e tentou diálogo com o proprietário da carvoaria. No entanto, não obteve sucesso em um possível acordo para diminuir a fumaça, já que o local está regularizado e com as licenças ambientais liberadas pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

A vereadora também pediu ao Imasul uma cópia da vistoria realizada na carvoaria, para a certificação da regularidade da emissão excessiva da fumaça, que segundo Xucra, estaria causando problemas respiratórios em crianças e idosos que residem próximos ao local, além de dificuldade para dormir e necessidade de inalação frequente, que foram apontadas para a vereadora, pelos moradores.

O promotor solicitou ainda, que a Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas realize vistoria na carvoaria, também para certificar se a emissão de fumaça está dentro do permitido pela Lei.

O ofício também foi encaminhado para o Ministério Público de Ribas do Rio Pardo. (Por Água Clara News)

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961