Português Italian English Spanish

Na pandemia: Hospital de Ribas fica sem Raio-X pelo segundo mês consecutivo

Na pandemia: Hospital de Ribas fica sem Raio-X pelo segundo mês consecutivo

Data de Publicação: 29 de junho de 2021 19:02:00
De janeiro a junho, a Gestão do prefeito João Alfredo (PSOL) já arrecadou mais de R$ 70 milhões.

 

Da redação

Pelo segundo mês consecutivo, o Hospital Municipal 19 de Março em Ribas do Rio Pardo ficou sem aparelho para exames de raio-x. Na pandemia, o aparelho é muito utilizado para verificar a situação dos pulmões. O exame também pode indicar quem tem maior risco de complicações por Covid-19.

A primeira pane no aparelho foi em 18 de maio, quando o sistema de baterias estragou. Agora, em 28 de junho, os fusíveis do aparelho teriam queimado após oscilação no sistema elétrico.

Ontem (28), a vereadora Tânia buscou informações do problema e disse que a previsão para retorno do funcionamento do único aparelho de Raio-X era às 9h desta terça-feira, dia 29. O prazo não foi cumprido pela Gestão João Alfredo.

Até às 18h, não era possível a realização do exame no hospital.

De janeiro a junho, a Gestão do prefeito João Alfredo (PSOL) já arrecadou mais de R$ 70 milhões. O valor faz inveja para qualquer município brasileiro do mesmo porte. Mas, a maior reclamação dos moradores é que esse dinheiro não é revertido em serviços de qualidade e benefícios para a população. "Lamentável, dinheiro público serve pra quê?", questiona Marluce.

Cidades com poder aquisitivo menor que Ribas do Rio Pardo já estão um passo a frente, com equipamentos modernos no sistema de saúde. Na semana passada, por exemplo, Aparecida do Taboado (MS), adquiriu tomógrafo computadorizado para melhor atender os moradores. Veja: Mais um avanço na Saúde: Prefeitura inaugura tomógrafo computadorizado nesta segunda-feira  

O QUE DIZ A PREFEITURA? 

Procurada pela reportagem, às 18h12min, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura não respondeu: "Desconheço que esteja estragado". 

SERÁ QUE A COVID VAI ESPERAR?

Esse foi o questionamento da moradora Marluce Garcia. Ela relatou ao Rio Pardo News que acompanhou uma amiga da zona rural que testou positivo para a Covid-19.

“Não foi atendida no hospital, mandou ir no posto por que hospital só é caso grave de covid. Foi atendida no posto, a Doutora disse q não tinha como pedir raio-x por que tá quebrada a máquina”, conta.

Outro questionamento preocupante de Marluce foi: - Será que vão esperar o pior acontecer com muitas pessoas pra alguém tomar uma providência?

Marluce se indignou com a orientação do sistema público de saúde da Gestão João Alfredo. Segundo ela, foi pedido para ‘ficar ligando no hospital para saber se arrumaram o aparelho’. “Será que o covid vai esperar? Acho que não né! Isso é um absurdo!”.

Veja abaixo, outra denúncia grave contra condução da pandemia em Ribas do Rio Pardo: 

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961