Português Italian English Spanish

Prefeitura ausente: em Ribas moradores ‘tiram’ praças do mato

Prefeitura ausente: em Ribas moradores ‘tiram’ praças do mato


Aos 72 anos, o 'Seo Pedro' reclama que só observa a cidade sendo limpa, algumas vezes, na região central. "Só limpa onde os barões pisam", protesta.

Moradora flagrada limpando praça no Estoril. 

Cansados de esperarem que a Prefeitura faça sua obrigação de limpar e dar manutenção nas praças e espaços públicos da cidade, muitos moradores estão lutando para mudar a situação de abandono, pelo menos nas proximidades de onde moram.

Na praça do Parque Estoril, maior bairro da cidade, uma moradora resolveu arregaçar as mangas e roçar o mato alto que há meses colocava em risco a segurança e a saúde de quem frequenta o local. Na grande maioria crianças. Assista ao vídeo no final da matéria. 

Populares elogiaram a atitude da moradora, mas lamentaram a ausência do poder público. “Temos poucos espaços de lazer e esses poucos estão abandonados, sendo destruídos por falta de cuidados e manutenção”, conta.

Aos 72 anos, o 'Seo Pedro' reclama que só observa a cidade sendo limpa, algumas vezes, na região central. "Só limpa onde os barões pisam", protesta. 

COHAB VELHA

O abandono da cidade que já se tornou marca registrada do prefeito Paulo Tucura (DEM) é visível nos quatro cantos da cidade. Na praça da Cohab Velha, não é só o mato alto que incomoda. Entulho e folhas da própria praça já está fazendo aniversário no local.

Morador limpando voluntariamente a praça da Cohab Velha.

O parquinho das crianças estava tomado por carrapicho, e as crianças passaram a brincar na rua. Sensibilizado com a situação, um morador resolveu, voluntariamente, limpar o local neste mês de fevereiro.

O campo suíço da praça da Cohab que já foi um dos cartões postais da cidade, hoje simboliza a situação calamitosa de abandono que Ribas do Rio Pardo vive.

SANTO ANDRÉ

No bairro Santo André, a situação não muda nem mesmo com as constantes reclamações dos moradores nas redes sociais. “E ai senhor Prefeito Paulo Tucura E vereadores nessa epidemia de dengue que esta tendo essas praça da casa de velório e do santo André vai ficar nessa situação ate quando hem . N da nem pra sentar la no fim de tarde pq ta só o mato . Fora q corre risco de animais peçonhentos . Vai ficar sentado ai fazendo pose ou vai trabalhar. Q merda ja n tem onde levar nossas criança nessa cidade pra se divertirem com elas .e os locais q tem ta abandonado .cde meus impostos q eu pago quero retorno .bora meu bora trabalhar ....”, escreveu Erica Souza no Facebook, no último dia 18.

Praça do Santo André tomada pelo mato alto. 

Erica relata ainda que não fica somente nas críticas. "Nós já cansamos de limpar esta praça". 

BOA VISTA E REGIÃO

Do outro lado da cidade, na região leste, o abandono castiga moradores do Boa Vista e região. “Depois de três anos vieram aqui e cascalharam as ruas. É só isso que merecemos? Cadê as opções de diversão para as famílias no fim de semana?”, questiona uma moradora. “A Secretaria de Obras tem um canal de reclamações que não funciona. A gente cansa de pedir pra limpar, para arrumar as lâmpadas queimadas mas eles nunca aparecem aqui”, conta Felipe Cardoso, morador antigo do bairro. Próximo dali, no bairro Jabour, as reclamações não são diferentes.

SÃO SEBASTIÃO

Por falta de espaço limpo e adequado, crianças brincam na rua. 

 

No bairro São Sebastião, o mais antigo da cidade, o morador Tiago William relatou brincou com a situação de abandono. Ele disse que seus pedidos são ignorados e ainda denunciou o uso irregular de veículo oficial.

“Né para tirar um lixo do bairro demora um ano quantas vezes eu entro em contato com o secretário com a secretária de obras para tirar um lixo e nada tem 5 meses que eu pedi uma troca de luz de um poste aqui na rua onde eu moro cruzamento perigoso mas até agora nada, difícil o nobre vereador e servidor pode usar o mesmo caminhão que não tinha combustível para fazer manutenção da cidade mas tem para uso dos nobres servidores kkkk”, satirizou.

Por Kleber Souza/Rio Pardo News em 27 de fevereiro de 2020

 

 

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961