Português Italian English Spanish

Secretária sobe o tom com vereadora “Não faça política nessa hora triste”

Secretária sobe o tom com vereadora “Não faça política nessa hora triste”


Visivelmente irritada, a secretária, classificou o comportamento da vereadora como impróprio para o momento.

Em pronunciamento oficial na manhã desta segunda-feira, dia 25, a secretária de saúde de Ribas do Rio Pardo (MS), Helenice Falcão, subiu o tom com a vereadora Fabiana Galvão (Patri).

Sem mencionar de maneira direta o nome da vereadora, a secretária Falcão pediu para que a candidata não faça política nesta hora triste. A viagem inoportuna da vereadora Galvão não foi motivada exclusivamente pelo interesse público.

Em plena quarentena, Fabiana Galvão gravou vídeo político-partidário com o prefeito Waldelli dos Santos (MDB).

Em busca de “experiência”, a vereadora que também é pré-candidata a prefeita, viajou à Costa Rica (MS) em 15 de maio e posteriormente, gravou vídeo dizendo que Ribas do Rio Pardo ‘vai receber R$ 5 milhões pra esse combate’.

Mostrando desconhecimento de causa, Galvão questionou “E o que vai ser feito dele?”, afirmando que está exercendo o seu trabalho de vereadora. Veja o vídeo: https://www.facebook.com/fabianagaalvao/videos/247153866375111/

Visivelmente irritada, a secretária, classificou o comportamento da vereadora como impróprio para o momento. “Quanto a UTI, está tento muitas conversas, principalmente por causa de um vídeo, gravado por uma candidata”.

FALCÃO X GALVÃO

Helenice entende como absurda a indicação da vereadora, que quer a construção de leitos de UTI. Pela fala da secretária, a vereadora Fabiana Galvão, se quer sabe qual é o valor do “socorro-financeiro” que Ribas do Rio Pardo receberá do Governo Federal.   

“Esse dinheiro que ainda nem chegou em Ribas, esses 4 milhões, não vai ser pra construir UTI. Da onde tirou uma barbaridade dessa? E ainda me fala que depois, é pra gente usar a UTI que for feita agora, pra outras coisas, depois que terminar a Covid. Onde já se viu uma coisa dessa?”

DESCONHECIMENTO, POLITICAGEM OU MALDADE?

A secretária explicou que núcleos regionais, como é o caso de Costa Rica (MS), foram equipados e estão recebendo repasses para equipar ainda melhor suas UTIs, por que recebem os pacientes desse entorno.

Sendo assim, a vereadora deveria, antes de sugerir a construção de uma ala de Unidade de Tratamento Intensivo – UTI, se informar melhor de como funciona todo o sistema de saúde pública no Estado.

De acordo com Helenice, o hospital de Ribas do Rio Pardo, é um Hospital de Pequeno Porte (HPP). Ela explica que, ainda é inviável ter uma UTI no município, pois o paciente neste setor precisa ser atendido por médicos especialistas. “Nós não temos UTI e nem é financeiramente ‘saudável’ pro município, manter um setor desse, sem ter um número de pacientes que necessitariam disso”.

CAMPANHA ANTES DA HORA VEREADORA?

A sessão de “puxão de orelhas” da secretária Falcão, na vereadora Galvão, continuou. Pedindo para que a população não entre em pânico, Helenice tratou como alvoroço, política fora de hora e até falta de respeito esse tipo de comportamento.   

“Parem de fazer todo esse alvoroço aí com a população. Parem de fazer política numa hora triste dessa. Vamos focar no que é realmente importante pro nosso município. Por favor gente, parem de fazer política numa hora dessa. Muitos dos candidatos que estão aí pleiteando, estão nos ajudando, estão fazendo doação. Aí vem alguém pra por pânico na população”.

A secretária disse ainda que todos estão empenhados em garantir a segurança dos rio-pardenses, e que o prefeito Paulo Tucura não usa o momento triste para fazer política. “Respeitem a gente, parem com esse oportunismo”.

“Não entrem em pânico. Estamos fazendo de tudo! Muita calma nessa hora”.

DINHEIRO DO POVO NO RALO

A ‘ensaboada’ da secretária na vereadora, continua no sentido de que, a construção de UTIs é inútil e o desejo de Fabiana Galvão, é o mesmo que jogar o dinheiro do contribuinte no lixo. “Nós vamos aplicar um dinheiro aí, milhões pra depois ser jogado fora? Nós não precisamos disso. As nossas vagas de UTI, estão garantidas em Campo Grande, que é o nosso núcleo regional. Assim como as cidades do entorno de Costa Rica, manda pra Costa Rica.

Envergonhando a população e mostrando mais uma vez, desconhecimento de causa, Fabiana Galvão declarou irresponsavelmente que “Só para deixar claro, sim é possível se espelhar no que foi feito em Costa Rica”.

Falcão, termina a repreensão na vereadora, pedindo para que a luta não se desvirtue para outro caminho. “Então, vamos focar no que realmente é verdadeiro aqui no nosso município”, finaliza.

O OUTRO LADO

Procurada pela reportagem, a vereadora Fabiana Galvão (Patri), disse que iria assistir o vídeo e responderia. Até o fechamento desta matéria, não obtivemos retorno. 

Assista, na íntegra, as declarações ríspidas da secretária de Saúde:

BOLETIM INFORMATIVO - 25 DE MAIO DE 2020  

Por Kleber Souza/Rio Pardo News em 25 de maio de 2020

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961