Português Italian English Spanish

Saudita morto, repórteres investigativos e jornal atacado são 'Pessoas do Ano' da Time

Saudita morto, repórteres investigativos e jornal atacado são 'Pessoas do Ano' da Time

Em 2018 o jornalismo roubou a cena e foi destacado pela revista.

Por Kleber Souza

A revista americana Time, reconhecida mundialmente, está atenta as ameaças e atentados contra a liberdade de imprensa. Ela homenagegou o jornalista saudida, Jamal Khashoggi, crítico ao regime saudita. A editora do site filipino Rappler, Maria Ressa, que faz cobertura crítica das políticas violentas e controversas do presidente. 

Wa Lone e Kyaw Soe Oo, repórteres da agências Reuters que foram presos em Mianmar, ao investigar um massacre contra a minoria muçulmana, também estão no grupo de homenageados da revista. 

Por fim, o jornal Capital Gazzete, de Annapolis ( a 50 Km de Washington, nos Estados Unidos). 

Em 2018 o jornalismo roubou a cena e foi destacado pela revista. 

Clique no link e veja a matéria completa no site da Folha de São Paulo:

Saudita morto, repórteres investigativos e jornal atacado são Pessoas do Ano da Time

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews