Português Italian English Spanish

Ribas do Rio Pardo: Polícia Civil prende dois indivíduos por tráfico de drogas

Ribas do Rio Pardo: Polícia Civil prende dois indivíduos por tráfico de drogas


Entre a noite anterior e a manhã de hoje (dias 29 e 30), o S.I.G. (Setor de Investigações Gerais) de Ribas do Rio Pardo, com apoio da Polícia Militar, prendeu em flagrante um homem de 27 anos e um adolescente de 16 anos, ambos suspeitos de praticar tráfico de drogas. O homem também recebeu voz de prisão pelo crime de corrupção de menores.

Segundo apurado, o S.I.G. (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo vem recebendo inúmeras denúncias anônimas no sentido de que um homem de 27 anos teria assumido recentemente as vendas de drogas na região do Bairro Jabour, distribuindo porções de entorpecentes a moradores e adolescentes para a ajuda na comercialização ilícita. 

De acordo com os informes, uma das pessoas que auxiliava o homem na venda de drogas era um adolescente de 16 anos. 

Na noite de ontem, dia 29/08/2020, a equipe policial tornou a receber denúncias anônimas, dessa vez noticiando que estava havendo uma festa de aniversário em um barraco situado ao campinho de futebol no Bairro Jabour, e que essa festa contava com a presença de toda a bandidagem do Jabour. 

Ainda, os fornecedores de cocaína nessa festa seriam um homem apelidado de “Elvis” e um adolescente. A droga estaria escondida em uma casa amarela de esquina. 

Se não bastasse, os denunciantes teriam relatado à Polícia que os suspeitos estariam ostentando uma pistola em suas cinturas. 

Assim que receberam esses detalhes, policiais civis do S.I.G., com apoio da PM, deslocaram-se até o cenário dos acontecimentos e, em breve campana a certa distância, puderam perceber intensa movimentação na região do campinho de futebol.

Depois de alguns minutos, a equipe visualizou os suspeitos vindo para frente da casa amarela, local que, como já dito, serviria de armazenamento para o entorpecente que seria distribuído na festa.

Nesse instante, os policiais optaram pela abordagem tática dos suspeitos enquanto estavam de frente para a casa amarela. 

Nas buscas pessoais, a equipe encontrou no bolso dos shorts do adolescente uma paradinha de pasta-base de cocaína. 

Na sequência, em buscas pela casa, em especial no guarda-roupa de um dos quartos, a polícia logrou êxito em localizar mais 25 (vinte e cinco) paradinhas de pasta-base de cocaína, além de um simulacro de arma de fogo. 

Restou apurado que o homem conhecido por Elvis e o adolescente eram donos da droga. No calor dos fatos, a equipe conseguiu ouvir claramente o adolescente cochichando com Elvis para ele ficar tranquilo, pois ASSUMIRIA ESSA BRONCA SOZINHO, em nítida intenção de inocentar o adulto, sabendo que, por ser menor de idade, não ficaria preso.

Diante de todas as circunstâncias, o homem e o adolescente receberam voz de prisão e apreensão e foram conduzidos à Delegacia para as providências cabíveis.

Já na Delegacia, Elvis foi algemado na grade dos fundos, enquanto o Investigador plantonista estava registrando o boletim de ocorrência. 
Em determinado momento, o homem conseguiu abrir a algema e fugir pelos fundos da Delegacia, pulando os muros e tomando rumo ignorado. 

Policiais civis do S.I.G. e um Sargento da PM realizaram diversas diligências para captura do fugitivo. 

Pelos informes recebidos, Elvis teria retornado para o Bairro Jabour e adentrado no brejo. Como estava muito escuro e o brejo é uma região de difícil acesso, não foi possível alcançar o fugitivo. 

A equipe ficou por horas e horas ao longo da madrugada para a tentativa de captura do suspeito.

Já na manhã do dia seguinte, o S.I.G. obteve informação anônima de que Elvis estaria no Bairro Boa Vista, possivelmente na casa de sua mulher.

Imediatamente, policiais civis, acompanhados da Autoridade Policial e de um Sargento da PM, se deslocaram até o aludido endereço. 

Em ação sincronizada e rápida, os policiais conseguiram fazer a incursão no barraco que estava funcionando como esconderijo do homem e o cercaram, não lhe dando qualquer chance de correr ou pular os muros dos fundos.

O homem teve que ser contido e algemado em razão de estar bastante nervoso e demonstrar intenção de fuga por mais uma vez.

Em buscas pelo imóvel, os policiais encontraram mais porções de maconha.

O homem recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e corrupção de menores e está custodiado à disposição da Justiça.

Em relação ao adolescente comparsa, ele foi liberado sob compromisso, devendo responder em liberdade por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.

Assessoria/PCMS

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961