Português Italian English Spanish

Prefeitura de Ribas arrecada R$ 8,5 milhões em junho e tem o 3º melhor mês do ano

Prefeitura de Ribas arrecada R$ 8,5 milhões em junho e tem o 3º melhor mês do ano


Um comparativo com outros municípios brasileiros, mostra que Ribas do Rio Pardo vive um momento ‘excepcional’.

Mesmo em meio à crise, a Prefeitura de Ribas do Rio Pardo fechou o mês de Junho com arrecadação de R$ 8.563.892,43 e alcançou a terceira melhor receita mensal do Município em 2020.

Antes, os cofres públicos haviam arrecadado R$ 10 milhões em fevereiro e R$ 9,1 milhões em março. Com R$ 7,3 milhões, abril é o pior mês do primeiro semestre.

Em maio, a receita melhorou significativamente em 4 pontos percentuais e chegou a R$ 7,6 milhões.

Um comparativo com outros municípios brasileiros, mostra que Ribas do Rio Pardo vive um momento ‘excepcional’. Especialistas em orçamento público avaliam como uma situação ‘muito boa para o cenário atual’.

“O gestor tem que colocar as mãos para o céu. É impossível falar em crise com essa receita. Paulo Tucura é um dos poucos prefeitos no Brasil que não pode falar em crise”, pontua uma economista da capital.

O SOCORRO DE BOLSONARO!

É fato que, o bom momento financeiro vivido pela Gestão Tucura, conta com um belo empurrão do ‘socorro’ emergencial, oferecido pelo Governo Federal aos Estados e Municípios para enfrentarem a perda de receita, causada pela crise durante a pandemia do novo coronavírus.

Em Junho, Ribas do Rio Pardo recebeu a primeira parcela (R$ 1.011.219,55), do apoio financeiro da União que totalizará mais de R$ 4 milhões até setembro.

SAÚDE NÃO, NOMEAÇÕES SIM!

Mesmo tendo desistido de concorrer à reeleição, o prefeito Paulo Tucura (DEM) segue focado em dar sobrevida ao grupo político, agora liderado pelo ex-secretário Nilson Góis.

O momento que deveria ser de investimento e melhorias no setor da saúde pública do município, nitidamente é conduzido com absurdas e desnecessárias nomeações de assessores que não cessam nem mesmo no ápice da pandemia.

Sentados no topo do mundo, os vereadores acompanham omissos e calados, como se o legislativo fosse uma república fora da província rio-pardense.

Por Kleber Souza em 4 de julho de 2020

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961