Português Italian English Spanish

Prefeito de Ribas vacila e base da Polícia Militar Ambiental vai para Amambai-MS

Prefeito de Ribas vacila e base da Polícia Militar Ambiental vai para Amambai-MS

O vacilo talvez tenha sido pela simples falta de conhecimento, das ações do grupamento da Polícia Ambiental que fiscaliza crimes ambientais.

Vários motivos podem ter levado o desinteresse do prefeito para um projeto tão importante

Kleber Souza/Rio Pardo News

A Assessoria de Comunicação da Polícia Militar Ambiental divulgou nesta sexta-feira, dia 6, notícia confirmando a instalação de uma base de fiscalização na cidade de Amambai-MS. A publicação traz também, informação de que a base inicialmente seria construída em Ribas do Rio Pardo-MS. A decisão foi tomada pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública e do Comando da Polícia Militar do Estado. "Não estava instalada e não havia previsão", diz a nota.

A decisão que transferiu a instalação da Base para Amambai-MS foi tomada em dezembro de 2017, quando o prefeito Paulo Tucura (MDB) completava seu primeiro ano no comando do Município. Vários motivos podem ter levado o desinteresse do prefeito, para com o projeto que beneficiaria diretamente a preservação do meio ambiente em Ribas do Rio Pardo e toda região.

O vacilo talvez tenha sido pela simples falta de conhecimento, das ações do grupamento da Polícia Ambiental que fiscaliza crimes ambientais, tais como: caça, pesca de animais silvestres e armamentos para este fim, retirada ilegal de madeira, supressão de mata nativa, até soltura de balões de fogo, entre outros.

Outra possibilidade é de que o ex-pecuarista esteja agindo para atender o setor rural, na política representados pela Bancada Ruralista, que possui a maior representatividade no Congresso, com 200 deputados e 41 senadores. Entre as demandas dos ruralistas, estão a regularização fundiária, mudanças na legislação tributária e trabalhista, além de questões ambientais. Paulo Tucura mantém relação estreita com a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS). A deputada assumiu em fevereiro a Frente Parlamentar da Agropecuária e frequentemente marca presença nos eventos de Tucura. 

Com mais de 17 mil quilômetros quadrados, Ribas do Rio Pardo é o terceiro maior município do Estado e um dos maiores do Brasil. Não é preciso ter muito conhecimento, muito menos ser especialista para entender a tamanha necessidade de uma Base da PMA no município.


A perspectiva para a finalização das obras para a instalação do posto em Amambai será ainda em 2018.

ENTENDA O QUE RIBAS DO RIO PARDO PERDEU:

De acordo com a Assessoria de Comunicação, mesmo antes da inauguração da nova base, a PMA já atua em Amambai e se instalou na cidade desde o início do ano, tem realizado diversos trabalhos de fiscalização preventiva e Educação Ambiental, como a autuação por exploração mineral encaminhada ontem (5) e Educação Ambiental e palestra sobre legislação realizada em um curso da Defesa Civil da cidade.

Visando a aprimorar os trabalhos, representantes do Ministério Público e da Policia Militar Ambiental reuniram-se na quarta-feira (4), em Amambai para discutir sobre as obras do Posto e principalmente sobre assuntos  técnicos entre a PMA e MPE, no sentido de aprimorar os procedimentos de fiscalização ambiental.

Para a PMA, é fundamental a união entre as instituições, principalmente para viabilizar a execução de projetos ambientais conjuntos. Segundo o Comandante, a reunião foi muito produtiva, porque promoveu a articulação  em torno de projetos relevantes para toda a sociedade amambaiense.

A perspectiva para a finalização das obras para a instalação do posto em Amambai será ainda em 2018. O Grupamento contará com uma equipe de nove policiais destacados.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews