Português Italian English Spanish

PMA autuou empresa pecuarista de Ribas em R$ 21 mil por exploração ilegal de madeira

PMA autuou empresa pecuarista de Ribas em R$ 21 mil por exploração ilegal de madeira

O proprietário da empresa responderá por crime ambiental de exploração ilegal de madeira, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção.

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande realizavam fiscalização ambiental no município de Ribas do Rio Pardo e autuaram ontem (14), uma empresa por extração irregular de madeira.

A PMA constatou em uma fazenda, o corte de árvores para aumento de área de pastagem. A madeira já estava empilhada e totalizou 2.600 estacas escondidas por uma lona. Foi verificada também a retirada de árvores de reserva legal (área protegida) da propriedade.

O proprietário da empresa apresentou posteriormente na unidade da PMA autorização para corte de árvores isoladas em meio a pastagens, porém, estava com data posterior a extração.

A empresa, com residência jurídica em Campo Grande, foi autuada administrativamente e multada num total de R$ 20.900,00 pelas infrações de destruição de fração de reserva legal e por corte de árvores nativas sem autorização ambiental. O proprietário da empresa responderá por crime ambiental de exploração ilegal de madeira, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção. (As informações são da Assessoria da PMA)

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961