Português Italian English Spanish

Piscina da Prefeitura que virou 'ninho' de dengue no centro velho fica limpa após denúncia

Piscina da Prefeitura que virou 'ninho' de dengue no centro velho fica limpa após denúncia


O Departamento de Vigilância em Saúde orienta que o morador denuncie, possíveis focos de dengue, através do telefone (67) 3238-1428.

O Departamento de Vigilância em Saúde do município esteve no local e constatou que "existia, no local, um grande depósito de larva, que virou pupa e está eclodindo pra mosquito". (Foto Rio Pardo News)

Kleber Souza/Rio Pardo News

A gestão do prefeito Paulo Tucura (MDB), responsável pela manutenção e conservação do Centro de Convivência do Idoso, demorou para agir e realizar a limpeza da piscina do local que deveria ser, mas não é, utilizada há muito tempo para a prática de atividades físicas.

Após o fechamento desta matéria, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, informou que a piscina abandonada que tinha água acumulada e estava repleta de larvas, foi esvaziada no dia seguinte à denúncia, e não no dia 14, como noticiamos.

O fato é extremamente preocupante, afinal, a Prefeitura que deveria combater a dengue, está contribuindo para o aparecimento de focos do mosquito Aedes Aegypti, na região do centro velho, em Ribas do Rio Pardo-MS. 

A denúncia, feita informalmente pelo site Rio Pardo News a um agente de endemias, aconteceu no dia 1º de agosto. No dia seguinte (2), a supervisão do Departamento de Vigilância em Saúde do município  esteve no local e constatou que "existia no local um grande depósito de larva, que virou pupa e está eclodindo pra mosquito". Posteriormente, a Secretaria de Assistência Social, que administra o Centro de Convivência do Idoso foi notificada do problema e orientada a fazer a limpeza.   

A demora em resolver o problema, possibilitou que vários ciclos de vida do do Aedes Aegypti, surgissem no 'ninho' de dengue da Prefeitura. O descaso da administração municipal, contraria seu próprio discurso, quando promove ações para combater a proliferação do mosquito. 

De acordo com o Ministério da Saúde, uma vez eclodido, o ovo vira mosquito adulto entre sete e dez dias. Uma única fêmea do mosquito põe de 100 a 150 ovos por vez. 

Nesta quarta-feira, dia 15, uma moradora da Rua José Coleto Garcia, contou que teme pela saúde dos idosos que frequentam o centro de convivência. “Isso é um absurdo. Falta de respeito com nós. Quantos mosquitos já não saíram dessa piscina. O local é cheio de idosos, esses mosquitos vão picar quem? ", reclamou.

A Assessoria de Comunicação também, após o fechamento da publicação, se manifestou sobre o caso. Veja a nota na íntegra:

A Secretária de Assistência Social Denise Medeiros informou que a demora na limpeza da piscina aconteceu devido a um atraso no processo de licitação, tanto para a contratação da pessoa responsável pela limpeza quanto para a aquisição de material. Assim que a prefeitura tomou ciência da denúncia, no dia 2 de agosto, foi providenciada a drenagem e a limpeza do local.

Saiba como denunciar focos da dengue em Ribas do Rio Pardo

O Departamento de Vigilância em Saúde orienta que o morador denuncie, possíveis focos de dengue, através do telefone (67) 3238-1428.

*Matéria editada às 12h21 (16/08/2018)

 

15 dias após a denúncia do Rio Pardo News, a piscina do Centro de Convivência do Idoso no centro velho, está limpa e sem larvas do mosquito. (Foto Rio Pardo News)
 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961