Português Italian English Spanish

Motorista bêbado de Ribas que matou casal no trânsito na capital fica preso por tempo indeterminado

Motorista bêbado de Ribas que matou casal no trânsito na capital fica preso por tempo indeterminado

A decisão foi do juiz Mauro Nering Karloh. Saulo já responde processo por dirigir sob efeito de álcool

 

A Justiça decretou nesta manhã (18) a prisão preventiva do operador de máquinas Saulo Lucas Barbosa Vieira, 27 anos, que sob efeito de álcool entrou na contramão e causou acidente com duas mortes, por volta das 5h da última sexta-feira, na Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, no Centro de Campo Grande. A decisão foi do juiz Mauro Nering Karloh. Saulo já responde processo por dirigir sob efeito de álcool.

Conforme o auto de prisão em flagrante, Saulo disse que havia consumido seis latas de cerveja na casa da namorada, que fica no Bairro Maria Aparecida Pedrossian e seguia para a sua residência, na Avenida Duque de Caxias, quando resolver dar uma volta pela cidade. O condutor é de Ribas do Rio Pardo e disse que por estar morando apenas 8 meses na cidade se confundiu com a rua e entrou na contramão. Segundo relatos dele à polícia, avistou o veículo na direção contrária e tentou evitar o acidente, mas não conseguiu.

Acidente - O operador de máquinas dirigia o Fiat Uno (branco) na contramão, quando rampou em um quebra-molas e bateu de frente com o Chevrolet Corsa Sedan (prata) ocupado por Luiz Vicente da Cruz, 69 anos, e Aparecida de Souza Cruz, 59 anos. Após a colisão, os carros capotaram. Luiz e Aparecida morreram no local. Saulo foi socorrido à Santa Casa e após receber alta, no sábado (16), foi direto para à delegacia. Ele havia sido preso em flagrante e estava internado sob escolta policial. 

Reincidente - Há 2 anos, na noite do dia 3 de dezembro de 2016, Saulo seguia no Fiat Uno, quando no cruzamento das avenidas Nelson Lírio com a Aureliano Brandão, em Ribas do Rio Pardo, distante 102 quilômetros da Capital, colidiu contra uma motocicleta conduzida por homem de 36 anos. Não houve vítimas. Saulo, que apresentava sinais de embriaguez como fala arrastada, fugiu e foi detido na sequência por equipes da Polícia Militar. Na ocasião, ele pagou fiança de R$ 880 e foi liberado.

Por Campo Grande News

 
 
 

 

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews