Português Italian English Spanish

Investigada por superfaturar cesta básica na pandemia recebeu 1,4 milhão na Gestão Zé Cabelo

Investigada por superfaturar cesta básica na pandemia recebeu 1,4 milhão na Gestão Zé Cabelo


Na Gestão Tucura a empresa Tavares & Soares LTDA 'cortou' apenas R$ 258.445,48 em notas.

Investigada na Operação Penúria por superfaturar cesta básica destinada às famílias carentes durante a pandemia, a empresa Tavares & Soares, o Farturão, firmou contratos de R$ 51,837 milhões com o Estado na gestão de Reinaldo Azambuja (PSDB). Conforme o Portal da Transparência, entre 2015 e este ano, o grupo já recebeu R$ 49,733 milhões dos cofres estaduais.

A notícia deste sábado (22) do jornal eletrônico investigativo da capital, O Jacaré, do jornalista Edivaldo Bitencourt, chamou a atenção para o contrato milinário do Governo Tucura. 

Em Ribas do Rio Pardo (MS), durante a gestão do ex-prefeito José Domingues Ramos (PSDB), o Zé Cabelo, a empresa investigada também mostrou intimidade com governo tucano no município e "nadou de braçada" ao faturar dos cofres públicos a cifra de R$ 1.470.731,12 (Um milhão, quatrocentos e setenta mil, setessentos e trinta e um reais e doze centavos), entre os anos de 2013 e 2016. 

Na Gestão Tucura, entre 2017 e 2018, a empresa Tavares & Soares LTDA 'cortou' apenas R$ 258.445,48 em notas. Em 2019, outra empresa assumiu o fornecimento de produtos alimentícios.

Contratos somam R$ 51,8 milhões entre 2015 e 2020 no Governo Azambuja

 

O Ministério Público Estadual apura superfaturamento de R$ 2 milhões na compra de 60 mil cestas básicas pela Sedhast (Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) do Farturão. Contratada sem licitação por R$ 5,820 milhões, a empresa cobrou R$ 5,820 milhões para entregar os alimentos durante a pandemia da covid-19.

No entanto, além da secretaria, neste ano, o Governo contratou o Farturão por meio do Fundo Especial de Saúde para fornecer cesta básicas. Este contrato totaliza R$ 5,320 milhões, segundo informações disponibilizadas no Portal da Transparência.

Só neste ano, o Governo irá pagar R$ 11,148 milhões ao grupo, sendo que R$ 9,715 milhões já foram quitados. O promotor Adriano Lobo Viana de Resende apura o superfaturamento em apenas um contrato, o firmado em regime de emergência e com recursos da covid-19, que totaliza R$ 5,820 milhões.

No entanto, a Operação Penúria, com o apoio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado) e do GECOC (Grupo Especial de Combate à Corrupção), cumpriu 13 mandados de busca e apreensão, autorizados pela juíza May Melke Amaral Penteado Siravegna, da 4ª Vara Criminal de Campo Grande.

Inicialmente, conforme a denúncia do deputado estadual Capitão Contar (PSL), o Estado pagou R$ 97 em cada uma das cestas básicas. No varejo, a mesma quantidade de produto custa R$ 81. O caso chegou a irritar o governador, que acionou o parlamentar na Justiça para ele provar o superfaturamento de R$ 1 milhão.

Ao verificar a denúncia, o MPE elevou o valor superfaturado para R$ 2 milhões. A operação deflagrada ontem tem o objetivo de constatar a venda superfaturada nas cestas básicas.

A empresa tem contrato com o Governo do Estado há vários. Em média, o valor pago por ano é de R$ 8,1 milhões a R$ 8,4 milhões. No total, entre 2015 e este ano, a empresa firmou contrato de R$ 51,837 milhões com a administração estadual, sendo que R$ 49,733 milhões já foram pagos.

O Governo informou que a Controladoria-Geral do Estado vai acompanhar a apuração feita pela promotoria de Defesa do Patrimônio Público.

Nesta sexta-feira, três homens foram presos por porte ilegal de arma de fogo durante o cumprimento dos mandados. De acordo com o site do Tribunal de Justiça, Luciano Rufino da Silva e Mauro Márcio Narcizo Fialho pagaram um salário mínimo de fiança e foram colocados em liberdade.

No sistema, não há informações sobre Celso Rodrigues, que teria sido flagrado com um revólver calibre 32. (Por Edivaldo Bitencourt/ O Jacaré)

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961