Português Italian English Spanish

Homem que matou compadre em MG é preso em Ribas do Rio Pardo

Homem que matou compadre em MG é preso em Ribas do Rio Pardo


O réu foi processado por homicídio qualificado e a justiça local decretou sua prisão preventiva,

Na tarde desta terça-feira (23), em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça de Minas Gerais, o S.I.G. (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo prendeu um homem de 46 anos, suspeito de praticar o crime de homicídio qualificado pelo motivo torpe na Cidade de Pimenta/MG.

Segundo apurado, o réu descobriu que sua filha, menor de idade, estava tendo suposto relacionamento amoroso com o padrinho. Por essa razão, no dia 16 de janeiro de 2020, no Município de Pimenta/MG, o acusado procurou a vítima e lhe efetuou vários disparos de arma de fogo, ocasionando-lhe a morte.

O réu foi processado por homicídio qualificado e a justiça local decretou sua prisão preventiva.

Tendo em vista que o acusado fugiu de Minas Gerais e passou a residir no Estado de Mato Grosso do Sul, especificamente no Município de Ribas do Rio Pardo, investigadores do S.I.G. (Setor de Investigações Gerais) desta urbe receberam ligação de um agente da Polícia Civil de MG, oportunidade na qual ficaram sabendo do mandado de prisão em desfavor do acusado.

Imediatamente, os investigadores do S.I.G. de Ribas realizaram diversas diligências e conseguiram localizar o paradeiro do acusado, que, em tese, morava em um imóvel próximo ao Hotel Tales.

Assim que os policiais civis chegaram até a aludida residência, a companheira do réu, que não reconheceu um dos investigadores, disse que ele estava dormindo. Porém, quando o policial mostrou o distintivo, a mulher logo tentou desconversar, dizendo que na realidade seu esposo não se encontrava na casa. Rapidamente, os policiais civis cercaram a residência e conseguiram prender o acusado, dando cumprimento ao mandado de prisão em aberto.

Após receber voz de prisão, o homem foi encaminhado à Delegacia e recolhido a uma das celas da referida unidade policial. Por fim, ele ficará à disposição da Justiça.

Por Assessoria PCMS

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961