Português Italian English Spanish

Família Capoeira protesta contra prefeito que mantém secretário denunciado

Família Capoeira protesta contra prefeito que mantém secretário denunciado

Para a vereadora, as denúncias contra o secretário Aníbal são gravíssimas.

Durante a votação os vereadores contrários ao requerimento foram vaiados, enquanto quem se posicionou a favor foi aplaudido. (Foto Rio Pardo News)

Por Kleber Souza do Rio Pardo News

A tradicional família Medeiros, compareceu em peso na noite desta terça-feira, dia 12, na Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo (MS), para protestar contra o prefeito Paulo Tucura (MDB) que insiste em manter no cargo o secretário que foi denunciado na Polícia Civil por suposta prática de injúria racial e tentativa de agressão.

Os "capoeiras" exigem que os vereadores tomem providências também diante das atitudes antidemocráticas praticadas pelo secretário de Administração, Aníbal Apóstolo de Oliveira Júnior, desde que chegou a Ribas do Rio Pardo.

Mesmo com o apelo dos familiares de Euclides Medeiros, seis vereadores foram categóricos e blindaram o prefeito: Robertão (MDB), Boca de Lata (PR), Paulinho Machado (MDB), Fabiana Galvão (Patri), Lourenço (PR) e o presidente Paulo da Pax que por duas vezes, deu o voto de minerva em defesa do prefeito.

Durante a votação os vereadores contrários ao requerimento foram vaiados, enquanto quem se posicionou a favor foi aplaudido. O presidente por sua vez, até que tentou fazer valer o regimento e impedir a manifestação do plenário. Porém, sem sucesso. Os aplausos aumentaram de intensidade e, a última fala, do presidente Paulo da Pax, foi reprovada com vaias.

O manifesto pacífico contou com mais de vinte membros da família que também é conhecida há décadas como “Os Capoeiras”. Mesmo com a recusa do requerimento, a família permaneceu unida e fez questão de agradecer os cinco vereadores que foram favoráveis ao prefeito se explicar.

“Obrigada aos 5 representantes da Câmara Municipal que voltou a favor pedido esclarecimentos ao prefeito sobre o secretário. Obrigada a vocês Nayara, pela indicação, a Lucy, Anderson, Sônia e seo Luiz que votaram a favor. A família Capoeira agradece”, escreveu Fran Medeiros.

A família permaneceu unida e fez questão de agradecer os cinco vereadores que foram favoráveis ao prefeito se explicar.

Os seis vereadores que protegeram o prefeito, sequer justificaram o voto contrário aos requerimentos das vereadoras Nayara Pereira (PSB) e Sônia Passos (PSDB) que, pediram a convocação do prefeito para prestar esclarecimentos sobre o boletim de ocorrência e outros casos polêmicos envolvendo o secretário Aníbal Júnior.

De acordo com a vereadora Sônia, outro fato que justificaria o prefeito prestar esclarecimentos na Câmara, seria a forma de expressão “cara ou coroa” que segundo ele, em áudio gravado, seria utilizado como critério para decidir o futuro das empresas que fazem o transporte escolar na zona rural. No entendimento da vereadora, este episódio merece ser apurado pela Câmara.

Para a vereadora, as denúncias contra o secretário Aníbal são gravíssimas. “É obrigação de todo vereador saber o que se passa. Não importa se o prefeito foi em emissora de rádio dar entrevista, obrigação tem que ser dada aqui dentro desta casa de leis, satisfação pra esses vereadores”.

Mesmo diante do apelo das duas vereadoras, a ação coordenada da base aliada do prefeito surtiu efeito e a “derrubada” dos requerimentos, causou revolta não só nos familiares, mas em todos os presentes que acompanhavam a sessão no plenário.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961