Português Italian English Spanish

Em três dias vereadores de Ribas gastam mais de R$ 7 mil em diárias

Em três dias vereadores de Ribas gastam mais de R$ 7 mil em diárias

Considerando a proximidade com a capital, fica evidente que os valores gastos são altos.

Os vereadores Boca de Lata (PR), Fabiana Galvão (Patri), Lourenço Vidraceiro (PR), Luiz do Sindicato (PSB), Paulinho Machado (MDB) e Robertão (MDB).

Por Kleber Souza do Rio Pardo News

Depois de consumirem R$ 182.550,00 do dinheiro público com diárias no ano de 2018, a Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo dá indícios de que a farra com o dinheiro do contribuinte não deve parar em 2019.

Eleitos para defender os interesses da população, grande parte dos vereadores segue ignorando os inúmeros problemas enfrentados diariamente no município, como a falta de transporte escolar, a falta de medicamentos na Farmácia Municipal e no Hospital 19 de março. Entre outras mazelas, como ruas precárias, tanto na zona urbana, quanto na zona rural.

Com a justificativa de participar de um Seminário Estadual de Vereadores em Campo Grande (MS), sete vereadores de Ribas do Rio Pardo consumiram em apenas três dias (20, 21 e 22 de fevereiro) um total de R$ 7.350,00.

De acordo com informações do site oficial da Câmara, participaram do ‘grupo de estudos’ em Campo Grande, os vereadores Boca de Lata (PR), Fabiana Galvão (Patri), Lourenço Vidraceiro (PR), Luiz do Sindicato (PSB), Paulinho Machado (MDB) e Robertão (MDB).

Cada vez mais esclarecida, a população riopardense não contesta jamais a importância da participação dos vereadores em eventos que ofereçam de fato, conhecimento e auxílio para uma melhor atuação do vereador. Entretanto, considerando a proximidade com a capital, fica evidente que os valores gastos são altos.

Caso tivessem vontade de economizar o suado o dinheiro público, poderiam sem esforço algum, utilizar dois veículos populares, consumindo cerca de R$ 600 com combustível, nos três dias.

Com um generoso almoço de R$ 30, e mesmo que desnecessário uma janta no mesmo valor, nos três dias, teriam consumido cerca de R$ 1.200,00 com alimentação. Logo, teriam torrado apenas R$ 1.800,00. Uma significante economia de mais de 75%.

Embora esteja publicado no site oficial da Câmara, conforme prevê a lei da transparência, nenhum dos sete vereadores utilizou as redes sociais para divulgar a participação no seminário.

A reportagem do site Rio Pardo News teve acesso a inúmeras fotos do evento. Apenas dois dos sete, aparecem nessas fotos. São eles Paulo da Pax e Boca de Lata.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews