Português Italian English Spanish

Em Ribas apreensão de caderneta leva polícia a desarticular célula de facção criminosa

Em Ribas apreensão de caderneta leva polícia a desarticular célula de facção criminosa

A operação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (10), pela delegacia de Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo com apoio de policiais militares e cães farejadores do Batalhão de Choque.

Materiais apreendidos na operação na manhã desta sexta-feira (10), em Ribas do Rio Pardo (Foto: Batalhão de Choque/Divulgação)

Por Osvaldo Nóbrega, TV Morena (G1 MS)

A apreensão de uma caderneta levou a polícia a desarticular uma célula da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), em Ribas do Rio Pardo, na região central de Mato Grosso do Sul, a cerca de 100 quilômetros de Campo Grande.

A operação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (10), pela delegacia de Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo com apoio de policiais militares e cães farejadores do Batalhão de Choque.

O delegado Bruno Santacatharina, que está coordenando os trabalhos disse que três pessoas já foram presas. O casal Wellington Silva, de 19 anos e Ana Carolina de Souza, de 26 anos e um terceiro suspeito, Mateus Souza da Silva Queiroz, de 18 anos.

Essas pessoas foram presas no bairro São Joaquim, perto do centro de Ribas do Rio Pardo. Segundo o delegado foram dois meses de investigação e tudo começou a partir da apreensão de uma caderneta, onde constava o nome de um dos suspeitos, com informações que ligavam essa pessoa ao PCC.

Duas casas foram vistoriadas, com autorização judicial e durante o cumprimento dos mandatos os três suspeitos foram presos. Foram apreendidos ainda dinheiro do tráfico, celulares, computadores e drogas: 400 gramas de maconha e 20 porções de cocaína.

Conforme o delegado, as investigações prosseguem para tentar prender outros integrantes do grupo.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews