Português Italian English Spanish

Desespero: prefeito quer ‘escantear’ vereadores com liberação de empréstimos

Desespero: prefeito quer ‘escantear’ vereadores com liberação de empréstimos

A ousada manobra poderá inflar artificialmente o orçamento 2019 que passa dos R$ 100 milhões.

Por Kleber Souza/Rio Pardo News

O início do terceiro ano da gestão do prefeito Paulo Tucura (MDB) pode ser definido como um verdadeiro Desespero Administrativo. Isso porque o líder do executivo encaminhou para a Câmara Municipal um pedido que pode ser definido como “Libera Geral”.

Algo nunca antes visto na história política de Ribas do Rio Pardo (MS) que expõe a maneira irresponsável e caótica com que o mdebista conduz o município.

Além de querer “muito dinheiro” sem justificativa alguma, Tucura quer decidir sozinho o que fará todo o dinheiro do contribuinte riopardense. Dando um ‘chega pra lá na Câmara’ e colocando os vereadores para escanteio. No entendimento do prefeito, gastar o dinheiro público "mediante a autorização legislativa" inviabiliza todo e qualquer procedimento contábil necessário para a administração municipal.  

Caso consiga aprovação dos vereadores, o Projeto Nº 001/2019 dará plenos poderes ao prefeito de não só comprometer todo o orçamento para o ano de 2019, mas também concederá a liberação de empréstimos bancários, a juros de mercado.

A ousada manobra poderá inflar artificialmente o orçamento 2019 que passa dos R$ 100 milhões. Destes, R$ 20 milhões já podem ser remanejados sem consentimento dos vereadores. Agora o pedido é para que mais R$ 40 milhões sejam remanejados. Se não bastasse, quer que a Câmara autorize empréstimos de até 40 milhões.

Tucura quer também “usar da forma que quiser”, ou seja, sem autorização da Câmara o excesso de arrecadação. Valor que em 2018 ultrapassou os R$ 20 milhões.

O MUNICÍPIO PODE QUEBRAR!

O mais preocupante de toda história é que o prefeito, caso consiga o aval da Câmara, chegar à exorbitante cifra de R$ 200 milhões em 2019, quando na verdade possui um orçamento de R$ 100 milhões.

Em uma comparação simples, seria o mesmo que um trabalhador que ganha R$ 10 mil/ano, gastar R$ 20 mil/ano. Este trabalhador certamente terminará o ano no vermelho. Principalmente se tiver pagando juros bancários abusivos.

ROUBALHEIRA GERAL!

Em sua página do Facebook, o advogado João Alfredo alertou para o desvio de dinheiro na administração Paulo Tucura. “Se aprovados os projetos, o desvio de verbas públicas, que já é uma constante nessa administração, pode se tornar uma “Roubalheira Geral”, escreveu.  

Ainda na postagem, o advogado convocou a população de Ribas do Rio Pardo a acompanhar de perto o caso e pressionarem os vereadores para que os pedidos “despropositados e irracionais” não sejam aprovados hoje (12), às 19h, na Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo (MS).

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews