Português Italian English Spanish

Câmara diz amém ao prefeito, aprova reorganização administrativa mas 'derruba' Assistente Educacional

Câmara diz amém ao prefeito, aprova reorganização administrativa mas 'derruba' Assistente Educacional

Os projetos foram votados em regime de urgência especial e aprovados por unanimidade


Os projetos foram votados em regime de urgência especial e aprovados por unanimidade (Foto Assessoria)

Kleber Souza/Rio Pardo News

O prefeito de Ribas do Rio Pardo-MS, Paulo Tucura (MDB), conseguiu mais uma vitória na Câmara de vereadores, e agora está autorizado a colocar em prática seus novos três projetos de lei, com destaque para a reorganização administrativa do Poder Executivo.

Entretanto, a vitória do prefeito, representa a derrota para dezenas de profissionais do Magistério/Normal Médio que continuam sem o reconhecimento formal através do cargo de Assistente Educacional Infantil. Isso porque, um 'bem-bolado' entre prefeito e vereadores na última semana, retirou do projeto as 30 vagas propostas inicialmente.

Em entrevista ao Rio Pardo News, a professora-vereadora Sônia Passos declarou não saber se houve um acordo entre vereadores e prefeito para a retirada do projeto as 30 vagas. "Não sei se outro vereador sugeriu que retirasse. Eu simplesmente fiz uma colocação que teria que chegar num concenso para não afetar a categoria Magistério como um todo", disse. Sônia reforçou seu discurso em defesa das bandeiras Saúde/Educação. "Semana passada fui pra tribuna e disse se tiver que enxugar gastos, que não seja da Educação e Saúde, porque são prioridades, mas eu não sugeri que se retirasse de pauta". 

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Câmara, os projetos foram votados em regime de urgência especial, e aprovados por unanimidade. Todos os 11 vereadores e dezenas de cidadãos estiveram presentes. Agora os projetos retornam para o Executivo para avaliação do prefeito que tem até 15 dias para sancionar e efetivar as novas leis.

OS PROJETOS  

O primeiro PLC trata da reorganização administrativa do próprio Poder Executivo Municipal.

O segundo tem a missão de criar e alterar cargos, possibilitando a abertura de um concurso público para substituir todos os contratados através do processo seletivo de 2017.

Por fim, o terceiro PLC quer ampliar o número de professores de educação básica, criar vagas para educadores concursados na Escola Mimoso e regularizar a situação dos professores monitores.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961