Português Italian English Spanish

Presidente da Câmara na "corda bamba" decide atacar secretariado do prefeito

Presidente da Câmara na "corda bamba" decide atacar secretariado do prefeito

Paulo da Pax demonstra desespero antecipado e passa a ter um comportamento considerado de "oposição"

 

Por Kleber Souza

O vereador presidente da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo (MS), Paulo da Pax (PL), apresentou na sessão ordinária desta terça-feira, dia 27, vários requerimentos com pedido de explicações e prestação de contas sobre a administração do prefeito Paulo Tucura (MDB).

Não é preciso ser nenhum cientista político para analisar a mudança de postura na atuação parlamentar do vereador, como uma clara demonstração de que sabe que está na "corda bamba" para a reeleição, no ano que vem.

Paulo da Pax acusou o golpe representado pelas críticas dos eleitores a sua fraca atuação e seus erros como gestor. Ele vem sendo duramente criticado nas mídias sociais, e a maioria destas críticas reproduzidas aqui no jornal eletrônico (e nunca blog pessoal) Rio Pardo News.

Paulo já foi criticado por prestar queixa na Polícia, contra eleitores; por criar a Taxa do Lixo; por comprar luxuosa e cara caminhonete para os vereadores andarem no ar condicionado; por contratar empresa para administrar a Câmara Municipal; por "blindar" o prefeito, impedindo que ele fosse a Câmara dar explicações a população sobre a sua igualmente sofrível administração; sobre não promulgar lei que a Câmara aprovou e o prefeito não sancionou; por desinterrar a ‘farra das diárias’ e disperdiçar o dinheiro público com diárias; por tentar exonerar injustamente jornalista da Câmara; por criticar o trabalho da imprensa, entre outras atitudes típicas de vereadores novatos e inexperiêntes.

Bombardeado como vereador e como gestor na  presidência, Paulo da Pax errou de novo,  principalmente, porque elogiou o presidente anterior, o Robertão , condenado a devolver R$ 80 mil investidos na "farra das diárias".

 

Agora, na "corda bamba", demonstra desespero antecipado e passa a ter um comportamento considerado de "oposição", mas sem assumir que é oposição. Ele se posiciona, politicamente, como o pior dos "vira-casaca" por bater e assoprar, ferrar com o prefeito sorrindo e se dizendo amigo.

Os requerimentos apresentados por Paulo para o outro Paulo, tomam tempo dos servidores públicos, que são obrigados a parar o trabalho do dia a dia para fazer levantamentos e responder. Se não responder em 30 dias, o prefeito ou secretários poder cometer crime de responsabilidade.

O requerimento é a arma de fiscalização dos vereadores e deve mesmo ser usado. O problema é que Paulo da Pax só passou a fazer isso agora, quando sabe que seu mandato é pífio, insípido, inodoro e inócuo, e que não lhe garante sequer uma candidatura consistente em 2020.

Dizer que os requerimentos são para ajudar o prefeito e colocar a culpa nos secretários municipais, são as piores justificativas de Paulo para ferrar o outro Paulo. Afinal, Paulo da Pax já comandou a tropa de choque governista (vereadores da base) várias vezes para vetar requerimentos ou sequer colocar em votação. Então porque ele faz requerimentos agora?

Mas, o pior erro de Paulo da Pax foi desfazer das mídias sociais em discurso na sessão desta terça-feira. Ele disse que só as rádios da cidade funcionam e que o prefeito deve sair do Facebook e ir falar nas rádios.

O Rio Pardo News convoca os ativistas, influenciadores digitais, internautas críticos, moradores que mostram os erros na internet, por amor ao município, todos estão convocados a mostrar que Paulo da Pax errou de novo.

Vamos todos para a internet mostrar em amplo movimento, o que as mídias sociais podem fazer pra ele e com ele. Até o presidente da República se comunica pelas mídias sociais, enquanto o vereador mostra realmente ser um político "coronelista" do passado. Não evoluiu com o tempo. É um retrógrado no lugar errado, com dias do mandato contados somente até o final de 2020.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961