Português Italian English Spanish

MARIA ROZY: Judiciário dá nome de ex-servidora ao Fórum de Ribas do Rio Pardo

MARIA ROZY: Judiciário dá nome de ex-servidora ao Fórum de Ribas do Rio Pardo

Maria Rozy exercia a função de distribuidora, contadora e partidora.

A homenageada trabalhou por mais de duas décadas no Judiciário e colaborou para o desenvolvimento das comarcas de Ribas do Rio Pardo e Água Clara. (Fotos Rio Pardo News)

Por Kleber Souza

Foi em clima de muita emoção e boas lembranças que o prédio do Fórum da comarca do município de Ribas do Rio Pardo recebeu oficialmente na tarde desta segunda-feira, dia 26, o nome da ex-servidora Maria Rozy Ferreira da Silva, falecida em 8 de maio de 2002.

A ideia de homenagear Maria Rozy surgiu dos colegas de trabalho e foi encaminhada ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, posteriormente à Assembleia Legislativa onde virou projeto de lei em março de 2017 e Lei nº 4.997, em 10 de maio de 2017.

A homenageada trabalhou por mais de duas décadas no Judiciário e colaborou para o desenvolvimento das comarcas de Ribas do Rio Pardo e Água Clara. O Juiz de Direito, Idail De Toni Filho agradeceu, em nome do Judiciário, aos familiares pelos relevantes serviços prestados. “Me relataram que era uma colega dedicada e empenhada. E nada mais justo que o Tribunal de Justiça desse esta homenagem a uma servidora com tanto afinco”, disse.

Ainda durante a solenidade de descerramento da placa, a servidora aposentada Marzia Santos, falou em nome dos colegas. Ela classificou o ato como "muito especial para a família forense". 

A servidora aposentada Marzia Santos, falou em nome dos colegas.

"A Maria Rozy iniciou na instalação da comarca. Um ano antes de acontecer o acidente que nós perdemos ela, houve a instalação da Comarca de Água Clara e a Maria Rozy, juntamente com a dona Maria Aparecida Godoy, que hoje é uma servidora aposentada, e a Rosimeire, foram até Água Clara pra fazer esse trabalho de preparar a Comarca até que chegassem os funcionários”, conta Marzia.

Maria Rozy exercia a função de distribuidora, contadora e partidora. “Essa era a função dela, ela recebia por esse salário, só que ia sempre além, como datilografar as sentenças escrita a mão pelos juízes”, lembra Marzia.

“Um dia antes de acontecer o acidente nós estávamos em um período muito difícil, eu lembro que ela entrou no cartório e disse assim: Marzia você não acha que está na hora de vocês conversarem no cartório e resolver, como uma família faz?”. Marzia conta que aquilo marcou a vida dela.

A presidente da 20ª subseção da OAB/MS, advogada Daniela Teixeira Onça,

A presidente da 20ª subseção da OAB/MS, advogada Daniela Teixeira Onça, destacou a importância de sabermos quem foram as pessoas que participaram da fundação da Comarca. “Neste prédio não são apenas as pedras. Estamos muito honrados com esta homenagem”.

Já o advogado João Alfredo Danieze, destacou o ineditismo do ato do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, que nunca antes havia nomeado o prédio do Fórum de uma Comarca com o nome de uma servidora. “É uma homenagem mais do que justa para quem dedicou parte de sua vida à criação e desenvolvimento de nossa Comarca e, além disso, o Poder Judiciário, numa atitude inédita, mostra a importância do servidor no dia-a-dia forense ao dar o nome da querida servidora Maria Rozy ao edifício do Fórum de Ribas do Rio Pardo", comentou o advogado João Alfredo.

Aylton Ferreira da Silva, irmão de Maria Rozy, disse que a lembrança ficará na história e lembrou da ajuda recebida pelos servidores do Fórum de Ribas nos momentos difíceis. “Quero agradecer o pessoal que fez tudo isso por mim. Obrigado”, disse Ayrton.

AMIGAS PARA SEMPRE!

Para Maria Aparecida Godoy, hoje servidora aposentada, Rozy foi uma pessoa boa, amiga e muito companheira. Lembra com riqueza de detalhes os inúmeros momentos vividos nos mais de 20 anos lado a lado no trabalho, e faz questão de dizer que só coisas boas aconteceram na caminhada forense delas. 

A servidora aposentada Maria Aparecida Godoy.

“Eu trabalhava no Cartório e ela no distribuidor , mas ela sempre passava por lá. Gostava de andar sempre elegante. Convivemos mais, quando fomos designadas para ir para Água Clara, eu como Diretora Cartório e ela do Distribuidor. Foi uma tarefa árdua os 3 meses que trabalhamos lá para deixar tudo arrumado para a inauguração da Comarca de Água Clara, mas vencemos e também com a princípio com a ajuda da Rose Mary Aparecida de Araújo e depois com as novas funcionárias que ajudava-nos conforme íamos ensinando. A lembrança também de todas as segundas-feiras que ela nos levava para Água Clara. Saíamos as 6h e voltávamos a sexta-feira quando terminava o expediente. Sofri muito a perda da colega Maria Rozy. E era muito triste chegar ao Fórum e no lugar dela víamos um vaso de flores para demonstrar a presença dela em nossos pensamentos com alegria. Pois as flores representam alegria e ela sempre por ali demonstrando isto. É com muita emoção que lembro da minha colega Maria Rozy. Como já foi dito ontem, funcionária caprichosa, todos os seus livros impecáveis com letras bem bonitas e português impecável”, relata emocionada Maria Aparecida Godoy.

Maria Rozy trabalhou por mais de duas décadas no Judiciário.
 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961