Português Italian English Spanish

Marca Tucura nas Finanças: falta de repasse à CASSEMS já prejudica servidores

Marca Tucura nas Finanças: falta de repasse à CASSEMS já prejudica servidores

Tucura poderá responder por crime de responsabilidade.

Por Kleber Souza

O Portal da Transparência da Prefeitura confirma denúncia de servidores públicos municipais de Ribas do Rio Pardo (MS) de que a gestão do prefeito Paulo Tucura (MDB), não repassa desde janeiro de 2019, os valores descontados dos salários dos beneficiários da CASSEMS – Caixa de Assistência dos Servidores do Mato Grosso do Sul.

O aparente calote de mais de meio milhão de reais já prejudica alguns servidores que estão impedidos, em função do atraso, de acrescentar dependentes e agregados ao plano de saúde. Se comprovado o dolo na gestão dos recursos, Tucura poderá responder por crime de responsabilidade.

Embora o atendimento aos servidores ainda não tenha sido comprometido, via telefone o setor financeiro da CASSEMS informou que na próxima quarta-feira, dia 2, data em que o atraso no repasse completará 7 meses, o sistema será atualizado e um ‘alerta’ aos servidores-beneficiários da Prefeitura de Ribas, no sentido de suspensão dos atendimentos, poderá ou não, ser emitido.

OS NÚMEROS NÃO MENTEM!

Um simples comparativo entre o período Janeiro/Julho de 2018 e Janeiro/Julho de 2019, aponta diferença R$ 564 mil. Sendo repassados R$ 801 mil em 2018 e apenas R$ 237 mil em 2019. Aparentemente os valores descontados dos servidores, além de não repassados à CASSEMS, foram utilizados indevidamente pela gestão do prefeito do MDB, Paulo Tucura.   

CAOS FINANCEIRO MESMO COM ARRECADAÇÕES RECORDES

O secretário de Finanças, Edilson Oliveira Julião

A Gestão Tucura deve encerrar o ano de 2019 com orçamento na casa dos R$ 130 milhões. Um recorde histórico. As arrecadações mensais, nunca foram tão generosas. Números oficiais expostos no Portal da Transparência derrubam o discurso fajuto do prefeito Paulo Tucura, de que existe crise nos cofres do Município. Contabilistas de plantão apontam que o 'caos financeiro' propagado por Tucura, seja fruto das elevadas despesas, má aplicação e desvios de recursos.

Em Junho/2019 por exemplo, a arrecadação chegou a R$ 10,3 milhões. O maior valor para o período na história político-administrativa de Ribas do Rio Pardo (MS).

CADE O DINHEIRO DOS SERVIDORES TUCURA?

Objetivando proporcionar esclarecimentos por parte do prefeito Paulo Tucura, enviamos e-mail à Assessoria de Comunicação da Prefeitura. Fomos orientados a "entrar em contato com o Secretário Municipal de Finanças", Edilson Oliveira Juilão. Antes mesmo da assessoria responder, a reportagem já havia estabelecido contato com o secretário de Finanças que, por sua vez não retornou o contato até o fechamento desta matéria.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews