Português Italian English Spanish

PSL-MS protagonizou solidão em evento de filiação na Capital

PSL-MS protagonizou solidão em evento de filiação na Capital

A solidão do PSL em Campo Grande e a falta de organização

No último sábado o que seria uma "convenção" do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, em Campo Grande, teve que se tranformar em um ato de filiações. A senadora Soraya Trhonicke estava acompanhada em um plenário imenso do deputado federal Loester Trutise do deputado estadual Capitão Contar.

E de antemão já poderiam usar o ditado que "antes só do que mal acompanhados", porém, vale lembrar que, na verdade, no mesmo dia, um dos grandes expoentes do partido, a deputada Joice Hasselmann, líder do governo na Câmara Federal, estava na Capital. E não foi ao evento, tão importante para o partido e ainda mandou um recado que "não se meteria em briga" de ninguém. 

No plenário duas cadeiras vazias, uma do deputado federal Luiz Ovando e outra do deputado estadual e principal expoente do partido no Estado, Coronel David. Pura provocação, a gente sabe, só para dizer que eles não foram porque não quiserem, quando nem sequer foram convidados.

E o ato não foi convenção e nem chegou a lotar, o que é normal num dia frio. Mas... só não se enganem, só nao foi uma convenção, porque entre as assessorias ali, nenhum deles sabe que para fazer convenção partidária é preciso muito mais que ação em redes sociais cards no Whats. É preciso organização... (Por Liziane Berrocal do MS Urgente)

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews