Português Italian English Spanish

Disputa para Prefeitura em 2020 já tem ação judicial

Disputa para Prefeitura em 2020 já tem ação judicial

A ganância pelo poder está evidente. Quem saiu, quer voltar. Quem está dentro, quer continuar!

A ganância pelo poder está evidente. Quem saiu, quer voltar. Quem está dentro, quer continuar!

Por Kleber Souza

O que leva o atual prefeito de Ribas do Rio Pardo (MS) a entrar com uma ação de improbidade administrativa na justiça, contra o seu provável adversário nas eleições municipais de 2020, o ex-prefeito Zé Cabelo?

A própria campanha política antecipada para definir quem estará, legalmente, apto a concorrer. Por incrível que possa parecer, é o que acontece atualmente em Ribas do Rio Pardo (MS).

Acontece que Paulo Tucura, autor da ação, era vice-prefeito do Zé Cabelo (2013/2016). Exatamente o crime que tornou Tucura réu, ao também contratar já em 2017, mais de 500 de forma indiscriminada.

Tucura foi eleito vice em 2012 para cuidar, juntamente com Zé Cabelo, dos interesses do Município e falhou feio. É o tipo de coisa que só acontece em Ribas mesmo, município que muitos classificam como “Faculdade Política”, onde quando você pensa que tudo pode acontecer como se estivesse numa “Escola Política”, as aberrações são superadas uma após outra.

A ganância pelo poder está evidente. Quem saiu, quer voltar. Quem está dentro, quer continuar!

E parte da sociedade assiste a tudo calada, outra parte ainda manifesta apoio aos mesmos, sem revelação de lideranças políticas. Em Ribas, os bons se calam para o mal triunfar, porque entra e sai prefeito e nada melhora.

AÇÃO CIVIL PÚBLICA DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA COMBINADO COM DANO MORAL DIFUSO

Com base nas denúncias do atual prefeito e em irregularidades apontadas por um Relatório de Auditoria do Tribunal de Contas do Estado, o MPE constatou várias irregularidades, com destaque para a contratação irregular de pessoal.

Contratações essas que ‘inflaram’ a folha de pagamento da Prefeitura por quase 4 anos e consumiram mais de R$ 23 milhões dos cofres públicos.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews