Português Italian English Spanish

Polícia prende em Ribas três pessoas pela prática de vários crimes

Polícia prende em Ribas três pessoas pela prática de vários crimes


Na manhã deste sábado (14), o S.I.G. (Setor de Investigações Gerais) prendeu três pessoas em flagrante: um homem de 20 anos, um senhor de 67 anos e uma senhora de 67 anos, pela prática de vários crimes.
Segundo apurado, uma mulher compareceu à Delegacia e relatou à polícia que seu ex-namorado, apelidado na Cidade de “Marquinhos”, com 20 anos de idade, teria descumprido medidas protetivas de urgência e mantido contato com aquela mulher. Além disso, “Marquinhos” teria lhe agredido fisicamente. Por curiosidade, no momento das agressões, essa mulher estava com uma criança de colo.

Assim que souberam desses fatos, os policiais civis da equipe do S.I.G. realizaram diversas diligências. Em um primeiro momento, os policiais foram até a residência do suspeito, no Bairro Estoril, porém ele conseguiu correr e se evadir. Após horas de investigações, a polícia soube por fontes fidedignas que o suspeito estava escondido no Bairro Santo André, na casa de familiares. Na sequência, “Marquinhos” conseguiu ser capturado pelos policiais civis.

Após a detenção de “Marquinhos”, a Polícia Civil recebeu denúncias anônimas de que ele escondia vários objetos ilícitos na casa de uma senhora de 67 anos, que morava no Estoril, na mesma rua de seu domicílio.
As denúncias indicavam que a senhora costumava, deliberadamente, acobertar o suspeito, tudo para dificultar a ação policial.

Diante dessa notícia, o S.I.G. deslocou-se até a residência da senhora e pediu para que ela entregasse espontaneamente os objetos ilícitos ali guardados, pois a Polícia já tinha conhecimento de tudo e que “Marquinhos” já estava preso em flagrante por descumprimento de medidas protetivas e vias de fato. Na mesma hora, a senhora afirmou que em sua casa estava guardada uma espingarda de “Marquinhos” e que ela guardou porque o jovem teria dito que não poderia deixar a arma na própria residência. Diante disso, a idosa recebeu voz de prisão por posse irregular de arma de fogo, em coautoria com “Marquinhos”. 

Após o encontro da espingarda calibre .22, as buscas continuaram na residência da senhora, sendo que os policiais encontraram um saquinho com considerável quantidade de substância análoga à cocaína, além de um pouco de maconha. Essas substâncias estavam guardadas em um quarto da casa, próximas à espingarda de propriedade de jovem de 20 anos. Em conversa com a senhora, ela disse à equipe policial que sabia da espingarda, mas não sabia da droga, até porque não conhece o que vem a ser “droga”, porém que essas substâncias também são de “Marquinhos” porque foram deixadas por ele no local juntamente com a espingarda. 

Ato contínuo, conversando com populares, a Polícia Civil obteve informações de que “Marquinhos” teria recebido a espingarda de um senhor de 67 anos, morador do Bairro São Joaquim, dando a este, em troca, um aparelho celular. Então, o S.I.G. deslocou-se até a residência desse senhor, sendo por ele confirmados os fatos. O senhor, ainda, admitiu que em sua residência guardava munições da arma de fogo fornecida a “Marquinhos”, isto é, quatro munições intactas da espingarda calibre .22. O senhor de 67 anos recebeu voz de prisão por posse irregular de arma de fogo e de munições de uso permitido. 

Encerradas as diligências, todos foram conduzidos à Delegacia e o jovem de 20 anos foi indiciado por descumprimento de medidas protetivas, vias de fato, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e tráfico de drogas; A senhora de 67 anos foi indiciada por posse irregular de arma de fogo de uso permitido; e o senhor de 67 anos foi indiciado por posse irregular de arma de fogo e de munições de uso permitido. 

Por fim, os idosos pagaram fiança e, por isso mesmo, irão responder em liberdade. Já “Marquinhos” está preso à disposição da Justiça, sendo que o Delegado representou pela decretação de sua prisão preventiva.

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961