Português Italian English Spanish

Paulo da Pax ‘abre’ 2020 com sua especialidade: gastar diárias

Paulo da Pax ‘abre’ 2020 com sua especialidade: gastar diárias


O vereador se consolida como 'o maior diarista' de todos os tempos em Ribas do Rio Pardo.

Antes mesmo da primeira sessão ordinária de 2020, o vereador presidente da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo (MS), Paulo da Pax (PL), iniciou o novo ano fazendo o que mais sabe fazer: gastar diárias. Ele parece ignorar até mesmo a Promotoria de Justiça local que apura eventual ocorrência de abuso no recebimento de diárias por vereadores e servidores públicos entre 2018 e 2019.

Em um bate-e-volta até a capital no último dia 5, Paulo da Pax fritou R$ 350,00 para ir ao Tribunal de Contas do Estado “falar com um diretor”. Com a utilização desta diária, o vereador bate a incrível marca de R$ 56.600,00 e se consolida como 'o maior diarista' de todos os tempos em Ribas do Rio Pardo.  

Mesmo criticado duramente nas redes sociais, Paulo da Pax demostra que pouco se importa com a opinião pública e segue focado em seu ‘projeto de poder’, em busca da reeleição.

Ao iniciar 2020 com os mesmos erros enquanto gestor do legislativo, o novato e inexperiente, Paulo da Pax faz questão de se manter como fiel escudeiro do prefeito Paulo Tucura. Sua fraca atuação como vereador também é resultante do retorno da ‘farra das diárias’, com claro desperdício do dinheiro público.

Paulo da Pax já foi criticado por prestar queixa na Polícia, contra eleitores; por criar a Taxa do Lixo; por comprar luxuosa e cara caminhonete para os vereadores andarem no ar condicionado; por contratar empresa para administrar a Câmara Municipal; por "blindar" o prefeito, impedindo que ele fosse a Câmara dar explicações a população sobre a sua igualmente sofrível administração; sobre não promulgar lei que a Câmara aprovou e o prefeito não sancionou; por tentar exonerar injustamente jornalista da Câmara; por criticar o trabalho da imprensa, entre outras atitudes típicas de vereadores despreparados.

Bombardeado como vereador e como gestor na  presidência, Paulo da Pax errou feio em 2019 quando elogiou o presidente anterior, o Robertão (MDB), condenado a devolver R$ 80 mil investidos na "farra das diárias".

Por Kleber Souza/Rio Pardo News em 12 de fevereiro de 2020

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961