Português Italian English Spanish

Salário atrasado vira rotina e estagiários detonam prefeito

Salário atrasado vira rotina e estagiários detonam prefeito


A reclamação é antiga e reflete a falta de planejamento administrativo e financeiro da Gestão Tucura.

Grande parte dos estagiários da Prefeitura de Ribas do Rio Pardo (MS) já tratam como “novela” o rotineiro atraso no pagamento dos salários de R$ 720,00. “Nem chega ser um salário mínimo, mas nem assim eles pagam antes do dia 10”, reclama uma estagiária que prefere não se identificar para não sofre represálias.

A reclamação é antiga e reflete a falta de planejamento administrativo e financeiro da Gestão Tucura. Em 2019, o Rio Pardo News noticiou pelo menos três vezes o problema. “Todo mês eles passam por isso que triste”, escreveu Dorinha Dora.

Revoltada, a estagiária Caren Bardella entende como falta de respeito o descaso com os acadêmicos. “Trabalhamos para poder pagar a nossa faculdade, ganhamos tão pouco que só sobra o dinheiro para pagar a internet e olhe lá, porque todo santo mês não vem o nosso salário no dia certo e pagamos a faculdade com juros.Senhor prefeito cadê o nosso pagamento?, cadê a valorização da nossa profissão? Cadê o respeito? E cadê esses benditos vereadores que não fazem nada pela a gente? Trabalhamos felizes porque gostamos das nossas crianças e da nossa profissão, é assim que o senhor quer se reeleger?”.

Gabriela Oliveira, outra estagiária agoniada com o atraso, disse que encontrou o prefeito em um evento no fim de semana e tentou, em vão, tirar explicações de Paulo Tucura. “Lembrando que dessa vez esta passando de qualquer limite. Essa gestão horrível! Pelo amor de Deus prefeito as cervejinhas que tu distribuiu no sábado daria p parar o juros do atraso do boleto dos seus estagiários. Ainda qdo falei sobre fingiu demência. Olha que merda né. Quase metade do mês e nada do nosso salário! E ainda falou sobre *FAKE NEWS* GENTE ISSO É FAKE NEWS NÃO. é a realidade mesmo!”, postou no Facebook.

Em entrevista ao Rio Pardo News, uma estagiária disse que "até agora não saiu e fica aquele bate e volta". De acordo com ela, o Institulo Euvaldo Lodi informou por telefone que "já tá com o prefeito", e a Prefeitura diz que "já passou pra o IEL". "Fica nisso, e tem estagiários que usa o "Salário" do estágio pra pagar faculdade e se sustentar".

Caty Guedes, estagiária no CEINF Pingo de Gente, satirizou a situação. Para ela o prefeito dá a entender que os estagiários devem trabalhar “de graça”. “E mais uma vez começa palhaçada com pagamento dos estagiários ...falta de consideração heim...nem relógio trabalha de graça”.

Por Kleber Souza/Rio Pardo News em 12 de fevereiro de 2020

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961