Português Italian English Spanish

Pacientes do ESF Parque Estoril reclamam de atraso de médico

Pacientes do ESF Parque Estoril reclamam de atraso de médico


De maneira formal e cordial, o médico fez questão de se desculpar para a população.

 

Cerca de dez pacientes que buscaram atendimento médico na última segunda-feira, dia 3, no Posto de Saúde do Parque Estoril, se irritaram com a demora de quase duas horas para o início das consultas.

Antes, pela manhã, os pacientes já haviam retornado para suas casas sem atendimento. “Viemos cedo, 5 horas da manhã e não teve médico”, reclamou um morador que também aguardava atendimento no período da tarde.

Por volta das 14h15min, outro paciente resolveu acionar a imprensa para relatar o problema. “Poxa estamos desde 12:00 nos posto para poder conseguir uma consulta e até agora o médico não chegou ainda, já é 14:15 da tarde.”, reclamou uma moradora via WhatsApp do Rio Pardo News.

Em poucos minutos, a reportagem chegou no ESF Parque Estoril e constatou a recepção lotada. Questionada, a recepcionista não fez questão de dar muitas informações úteis e nenhum outro agente público responsável pela unidade de saúde se prontificou a atender a imprensa naquele momento.

“Acho que é falta de respeito isso. O atendimento estava marcado para começar às 13h”, reclamou uma mãe que aguardava atendimento com sua filha no colo.

Outra mãe, também em busca de atendimento, contou que seu filho estava com febre desde às 10h.

Diante das negativas, acionamos a Secretária de Saúde, Helenice Falcão. Ela, sempre solícita, de imediato se dirigiu ao local. Tentamos também acionar dois ou três vereadores. Entre os quais, a vereadora Nayara Pereira também atendeu o chamado e esteve no local para verificar o impasse.

Foi então que, às 14h33min, surgiu o médico e iniciou os atendimentos.

O OUTRO LADO

A Secretária de Saúde do Município, Helenice Falcão fez questão de destacar o perfil responsável do profissional e classificou o episódio como imprevisto. “Nas segundas feiras de manhã, ele (médico) faz as visitas domiciliares para pacientes acamados. Ele não atende no ESF. Como hoje (3) ele não viria por um compromisso no Cartório em Campo Grande, ele reagendou as visitas para durante a semana. Quando ele viu que atrasou o atendimento em Campo Grande ele avisou o ESF que ele atrasaria para o atendimento da parte da tarde e pediu que os pacientes esperassem”, disse.

O médico também atendeu os questionamentos da imprensa com muita atenção e se mostrou chateado e preocupado com o transtorno. Ele disse que reside em Ribas do Rio Pardo e que nunca se atrasou. Explicou ainda que remarcou as visitas em função de um compromisso na capital e isso causou seu atraso.

“No momento que percebi que me atrasaria, entrei em contato com a unidade para informar a todos. Incluindo redirecionamento para casos de urgência. Graças a Deus não foi necessário fazer qualquer remanejamento pois todos os casos foram ambulatoriais”, disse o médico.

De maneira formal e cordial, o médico fez questão de se desculpar para a população. “Não são culpadas de meus problemas, contudo devido a trâmites burocráticos, não pude chegar no horário. Desculpe”.

DIRETO DAS RUAS

Esta reportagem chegou ao Rio Pardo News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação.

Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99107-6961, ou por mensagem enviada via Facebook.

Pacientes se irritam com atraso de médico no Estoril

 riopardonews@gmail.com
 (67) 99107-6961
 facebook.com/RioPardoNews
 (67) 99107-6961