Português Italian English Spanish

‘Churrasco e Cervejada’ em repartição da Prefeitura de Ribas virou caso de Polícia

‘Churrasco e Cervejada’ em repartição da Prefeitura de Ribas virou caso de Polícia

Procurada pela reportagem, a assessoria do prefeito preferiu não se pronunciar.

Funcionários e convidados participam de churrasco com cerveja no barracão da Obras

Por Kleber Souza

Um churrasco com muita cerveja e outras bebidas, realizado durante o horário de expediente desta sexta-feira, dia 7, na sede da Secretaria de Obras de Ribas do Rio Pardo (MS) virou caso de polícia e terminou na Delegacia. De acordo com informações da Polícia Civil, após denúncias, a Promotoria de Justiça convocou força policial para apurar o caso e esteve no local.

As denúncias apontavam que acontecia, durante todo o dia, na repartição pública, uma espécie de “farra de fim de ano” com churrasco e consumo de bebida alcoólica. O prefeito Paulo Tucura (MDB) e o Secretário de Administração Aníbal Júnior estiveram no evento. O prefeito foi fotografado cortando carne para funcionários e convidados. A confraternização de fim de ano seria o motivo da festa.

O prefeito de Ribas do Rio Pardo, Paulo Tucura, corta carne durante churrasco com cerveja na Secretaria de Obras.

A realização deste tipo de evento em repartição pública, pode caracterizar ato de improbidade administrativa, se enquadrado no Artigo 9º., XII, da Lei 8429/1992, ou seja: usar, em proveito próprio, bens, rendas, verbas ou valores integrantes do acervo patrimonial do Município. Procurada pela reportagem, a assessoria do prefeito preferiu não se pronunciar.

No Facebook, o advogado João Alfredo Danieze se identificou como um dos denunciantes. “Confraterniza-se com cervejas e muita carne em pleno expediente”, escreveu. Danieze aproveitou para protestar contra a falta de merenda nas escolas, remédios nos postos e emprego. “Infelizmente, tem gente que acha isso normal...”.

Dezenas de fotos que circularam nas redes sociais a partir das 10h, comprovam a utilização indevida do bem público, o churrasco e o consumo de bebida alcoólica. Uma das fotos mostra só em um carrinho, pelo menos 32 caixas de cervejas. 

A Promotoria recebeu denúncia formal do advogado João Alfredo

OCORRÊNCIA POLICIAL

Durante realização de diligência feita por um representante do Ministério Público e pelo delegado de polícia. Um dos funcionários teria protestado contra a ação e, discutido com a autoridade policial.

De acordo com o boletim de ocorrência, o estudante identificado como Guilherme foi denunciado por desobediência e desacato. Guilherme que filmava toda a ação teria recebido voz de prisão do delegado que, ao tentar pegar o aparelho celular foi agredido com um tapa na mão. 

COSTUME COMUM, MAS... ILEGAL!

É comum, não só em Ribas do Rio Pardo, mas também em outros municípios brasileiros, a realização de festas de confraternização de fim de ano. Entretanto, a farra dentro das repartições públicas é ilegal. O crime prevê pena de prisão de até 6 anos.

É cada vez mais comum, ver festas de confraternização de fim de ano entre servidores públicos, acontecerem não só fora do horário de expediente, mas também em locais privados.

 

 riopardonews@gmail.com
 (67) 98454-6626
 facebook.com/RioPardoNews